andre deak : oi

“Leave the door open for the unknown, the door into the dark. That’s where the most important things come from, where you yourself came from, and where you will go.”

― Rebecca Solnit, A Field Guide to Getting Lost

powered by TinyLetter

LATTES

http://lattes.cnpq.br/0434558072616306

AQUELE RESUMO

Sócio do Liquid Media Lab, uma produtora de conteúdo digital criada em 2009. Produtor de jornalismo multimídia, consultor de comunicação digital, professor na graduação da ESPM, pesquisador do Laboratório para Outros Urbanismos e do LabCidade da FAU. Trabalha desde 1998 com projetos para jornalismo e comunicação na internet. Co-fundador da Casa da Cultura Digital em São Paulo (2009-2014). Doutorando em Design na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo e mestre pela Escola de Comunicação e Artes da USP em Teorias da Comunicação.

Co-fundador da iniciativa Arte Fora do Museu e Mapas Afetivos, cujos desenvolvimentos levaram a diversos outros projetos de mapeamentos online. Desenvolveu ainda plataformas para transmissão online de eventos ao vivo quando coordenou a estratégia e a execução das soluções web do Instituto CPFL Cultura. Realizou mais de 400 eventos live stream. Nos tempos de jornalista, foi repórter freelancer para as revistas Rolling Stone, Carta Capital, Caros Amigos e outras, quando produziu reportagens de quase todos os países da América do Sul e Europa ocidental. Co-organizador do livro Vozes da Democracia (2006), durante o período em que participou da ONG Intervozes. Viveu em Brasília, onde foi editor multimídia durante o processo de deschapabranquização da Agência Brasil, até 2007.

Prêmio Vladimir Herzog 2008, categoria internet. Indicado em 2012 ao Best Blog Awards, da Deustchewelle. Ministra cursos e palestras sobre jornalismo online e interfaces interativas (USP, UERJ, UFSC, PUC-SP, Unimep, Cásper Líbero Comunique-se, Diários Associados, Abraji, Editora Abril, entre outros). Mestre pela ECA-USP na área teoria da comunicação, com o estudo ?Novos jornalistas do Brasil: processos emergentes do jornalismo na internet?. Representante no Brasil do Media Lab Estado Lateral. Curador do Google Street Art Projet 2013, e do Festival Cultura Inglesa Cultura de Rua. Convidado pelo X Media Lab para keynote e consultoria na Suíça sobre projetos Transmídia.

ONDE

São Paulo, Brasil.

PS: Eu dei uma sumida das redes sociais, então talvez pela newsletter é que você saiba mais de mim. É uma experiência tanto de detox quanto de ativar conexões de outras formas. Experimenta e me diz.

PS2: Os alunos me perguntam sobre indicações de livros. Fiz uma grande aqui.